28 de fevereiro de 2013

wishlist: papelaria


  Gente, não sei se vocês sabem, mas eu sou completamente APAIXONADA por artigos de papelaria. Adorava o começo das aulas justamente pra comprar meus cadernos novos! E, até hoje, adoro bloquinhos, cadernos, agendas e tudo que tenho direito, mesmo que seja só pra deixar aqui guardadinho, já que tenho pena de usar (tenho problemas, sim ou claro?).



  Sabendo disso, vocês vão compreender meu encantamento com a Atelliê Fotografia!!! É tanto caderno, cadernetas... Cada uma com a capa mais linda que a outra ^=^

CAINDO DE AMORES por esse desenho, desde que a dona Mel sorteou a agenda no seu blog!!!
 (não ganhei, #chatiada)

  Minhas aulas começam semana que vem, e minha vontade é de ter uma de cada!
Mais opções pra vocês:







E aí, garotas! Já escolheram suas preferidas?
Beijos ;*


27 de fevereiro de 2013

texto: basta, amar não basta



  Poucas frases ditas e ouvidas parecem aprisionar tanto quanto "eu te amo". Às vezes, só de pensar que amamos alguém ou que alguém nos ama já aprisionamos ou somos aprisionados. É como se o amor fosse tudo. Mas, não, não é ou pelo menos não deveria ser. A gente trata o amor como se ele fosse justificativa para tudo. Não no sentido de usar o amor como razão para alguém levar um carro de som para a porta da casa do outro tocando alguma balada da Mariah Carey ou para chamar um homem barbado e peludo de 30 anos de idade de "bebê", mas no sentido de achar que por alguém nos amar devemos aceitar tudo que ele faça (ou não faça). 
  A pessoa que você ama não tira um tempo para te acompanhar nos eventos que são importantes para você, não te inclui nos programas dela, acha que toda reclamação sua é um drama, marca algo e não aparece, não atende e depois não retorna, não cuida de você nem da relação, mas diz que te ama, então, você tolera tudo. Ele não te ama, mas diz que ama, então, tudo bem! Ele diz que você é importante para ele, mas não faz a mínima questão de te ter ao lado, não na vertical, em um bom abraço, em uma boa conversa, você só interessa na horizontal, em uma cama, de preferência com as luzes apagadas e sem demorar muito, sabe como é, né? Ele é muito ocupado! A gente faz do amor a nossa última esperança de uma vida feliz, então aprendemos a pagar qualquer preço pela idéia de que alguém no mundo nos ama, de que alguém no mundo nos pertence, de que pertencemos a alguém. E o preço pago por vezes é tão alto que vamos aceitando "cheque sem fundo" como "amor da minha vida", e só percebemos a furada na hora do "saque", na hora que precisamos de alguém e descobrimos que não temos. 
  Ou fazemos com que paguem sem merecermos, pois quando percebemos que o outro nos ama ao invés de o tratarmos ainda melhor, achamos, mesmo que inconscientemente, que ele vai ter que provar. Se ele ama mesmo ele vai ter que conhecer o meu pior e continuar amando, ele vai ter que aceitar tudo, se me ama de verdade! Tolice. Transformamos o amor que nos tinham em ódio e ainda deixamos quem nos amava como se a culpa não fosse nossa. Será que você sabe amar? Será que você sabe ser amado? Sentir amor te isenta de agir com amor (se isso for possível)? No amor, no sentimento, no relacionamento, no coração, qual a sua ação para ter e manter um amor? 
  Sei que falar de amor e flores é um pouco brega, mas não temo ser brega, temo ser alguém infeliz. Se o amor fosse uma flor qual delas você iria preferir ter e ser: um buquê lindo, que a todos encanta, comprado na melhor floricultura, mas que em alguns dias (ou horas) morreria, ou uma flor de plástico, artificial, mas que duraria por todo o sempre, amém, ou uma semente que demoraria para florescer, que viveria o tempo que tivesse que viver, mas seria real, natural e única? Você escolhe, você colhe. Na vida cada um decide com o que a própria vida será gasta, o que desgasta, mas para todos a vida ensina, não basta, amar não basta. 
  Então, não se encante com "eu te amo", o amor faz feliz quando o outro puder te dizer, sem receio, "eu te mereço".


Ruleandson do Carmo comanda o blog Eu só queria um café com crônicas de amor, entrevistas sobre amor e comportamento, além da participação do leitor. Aos 27 anos, nasceu e vive em BH/MG, é jornalista, Mestre e Doutorando em Ciência da Informação pela UFMG, especialista em Criação e Produção para Mídia Eletrônica pelo UniBH. É ainda o personagem sem roteiro de uma comédia romântica sem fim e o vazio que une amores de cinema aos amores reais.

25 de fevereiro de 2013

inspiração: tatuagens de frases

  Quem nunca quis fazer uma tattoo, que atire a primeira pedra. Eu mesmo, tenho duas. Uma que eu não faria de novo, se fosse hoje, mas ainda assim, não chego a me arrepender dela (até porque está num lugar pouco visível, então...). E acho as tatuagens de frases a coisa mais linda do mundo! Vamos nos inspirar com as minhas preferidas?













e a foto da tattoo da minha ww, tão linda *-*

E vocês, tem alguma tatuagem? Fariam alguma de frase?
Beiijo ;* 

22 de fevereiro de 2013

fazendo meu filme 2 - fani na terra da rainha

"Depois de conquistar milhares de leitores e leitoras, a nossa doce e querida Fani volta ainda mais divertida e encantadora. O segundo volume apresenta as aventuras de Estefânia Castelino Belluz na terra da rainha. Sim, na Inglaterra! Longe do grande amor, ela passa por momentos de alegria, dor, saudade, tristeza e, mais do que isso, pode conhecer melhor a si mesma. Sem deixar de lado suas amigas inseparáveis e sua família, ela consegue, no outro continente, viver momentos cheios de suspense, revelações, aventuras, descobertas e emoções fortíssimas! Feliz, triste, preocupada, ansiosa, temerosa, otimista, insegura, cheia de si, apaixonada, desiludida, seja como estiver, Fani mostra a cada página desse livro que não é mais aquela menina tão frágil que muitas vezes se escondia por trás de sua timidez.
 Mais do que uma história de adolescente que se encoraja a fazer intercâmbio e morar fora por um ano, este livro fala de um grande e delicado amor. Em meio a uma avalanche de sentimentos e acontecimentos surpreendentes, ela consegue viver intensamente na Inglaterra, conhecendo pessoas que conquistam seu coração e sua amizade pra toda a vida. Porém, o melhor filme da sua vida ainda está para ser contado, ou melhor, vivido..."



  Ah, Inglaterra!
  Passei todo o livro sentindo uma invejinha boa da Fani, de estar na Inglaterra, que é meu sonho de consumo dos países! 
  Nesse livro, ela deixa seu grande amor no Brasil, e vai, com a cara e a coragem, fazer o seu tão sonhado intercâmbio. Mas quem disse que seria tudo lindo?
  Eu senti bastante raiva da Fani nesse livro. Claro, até o ponto onde eu não sabia da reviravolta final, né, mas ok. Senti raiva por ela não conseguir se permitir a ser feliz com outra pessoa. E com um Christian da vida (quem ler o livro vai se apaixonar por ele tanto quanto eu). Senti falta das amigas do Brasil (email não é a mesma coisa né gente!)...
  Eu adorei o livro, li ele em dois dias porque PRECISAVA saber o que ia acontecer e o final, aaaaah o final, tão inesperado, quanto bom!


  Já amo a dona Paula Pimenta e quero todos os livros novos na minha coleção. Terminei essa semana o volume três, e daqui a uns dias sai a resenha. E, se quiser ler a resenha o livro 1, clique aqui!

  P.S.: Gente, minha câmera deu aloka e desliga o pc cada vez que tento passar as fotos, por isso, as fotos de hoje são da Melina Souza, e uma mais linda que a outra, né? :)

  Já leram essa série ou estão curiosos(as) para ler?
  Quero saber a opinião de vocês!! :D
  Beijão!



20 de fevereiro de 2013

estilo: carrie bradshaw

  Que a nossa Carrie Bradshaw de Sex and The City é um dos maiores ícones de moda de todos os tempos, ninguém dúvida. E todo mundo concorda que o closet dela é o mais invejado!
  Mas e a nossa pequenina Carrie, de The Carrie Diaries? Já pararam pra comparar o estilo das duas em suas séries?


  Eu amaaava SATC, e confesso que tenho um pouco de preconceito com a nova série, talvez por não seguir NADA o livro. Mas os looks da Carrie novinha são muito mais ~usáveis~ atualmente que os da Bradshaw crescida, pelo menos nos primeiros anos da série.


  Sou apaixonada pelos anos 80! Todo aquele glamour, aquele brilho, aquelas roupas escandalosas e tudo o mais. E a trilha sonora, né, que combina tão bem como a moda da época.


  Sinto falta de um pouco de exagero na nossa Carrie adolescente. Ok, temos muito brilho, muito tule, muitos vestidos.... Só eu acho que poderia ter um pouco mais de escândalo? Eu, por exemplo, olho as roupas da Carrie de SATC e vejo que usaria poucas peças nos dias de hoje. Já a adolescente, já desejo todos os seus vestidos AGORA!!!


  A pequena Carrie apareceu há pouco tempo, mas a pergunta que fica é: será que ela se tornará tão ícone de moda, quanto sua versão mais velha?
  Esperamos que sim.

19 de fevereiro de 2013

top 5 melhores shows do planeta atlântida 2013


  Falando a verdade, achei a edição desse ano beem fraquinha em comparação as anteriores, tanto que juntei a edição do RS e a de SC pra conseguir achar cinco shows que eu realmente gostei.
  Não fui no festival esse ano, e me arrependi a MORTE por causa do S.O.J.A.!! :( Whatever, fiquei ligadinha e assistindo tudo pelo Multishow.

S.O.J.A.


Nx Zero


Charlie Brown Jr


O Rappa


Strike




  Alguma leitora aí foi e discorda da minha lista? Comentem!
  Beijos ;*

15 de fevereiro de 2013

filme: jogos vorazes


Sinopse: Na América do Norte do futuro, o país Panem mantém o controle sobre os cidadãos através de uma competição. Vinte e quatro jovens, representantes de doze distritos, têm que lutar entre si por sobrevivência. Após a convocação da irmã para participar no jogo, Katniss Everdeen, uma garota de 16 anos, se torna voluntária para substituí-la. Na competição, Katniss se vê obrigada a tomar decisões críticas para sobreviver.



  Taí um filme que (quase) todo mundo assistiu e eu simplesmente ignorava. Nunca senti vontade de ver esse filme, nem vendo a sinopse, nem os trailers. Nadica de nada.
  Eis que um final de semana desses por aí, em falta do que alugar na locadora (isso que dá ir muito ao cinema: quando se vai alugar alguma coisa, já assistimos tudo de bom) pensei: porque não, né?
  Ele é totalmente diferente do que eu imaginava, e pra melhor. Enquanto no começo do filme, meu namorado reclamava de como o filme era chato e sem ação, eu só pensava: o livro deve ser 100% melhor (ainda não li, mas está na lista). Claro que no final do filme ele mudou de idéia e já está esperando ansiosamente o segundo. E eu também.
  Juro que quando ouvi falar nesse filme, e nos trailers, não passava a impressão de ser tão forte. Claro que a parte da violência sanguinária não é totalmente explícita, pelo bem da renda do filme, mas eu imaginava meio que um "Crepúsculo do futuro e sem vampiros". E eu sei, errei totalmente.
  Confesso que a única coisa que não gostei muito foi a escolha da atriz, simplesmente porque não consigo gostar dela. Mas nem por isso posso criticar sua atuação, né? 
  Enfim, vale o tempo, vale o ingresso, e tenho certeza absoluta que o livro vale muito mais! :)

  E aí gente, já assistiram? :)

14 de fevereiro de 2013

fan page

  Eeeee, agora o blog tem fan page! Só clicar em curtir, aqui do ladinho, e ter todas as atualizações do blog pelo facebook, além de muitas outras dicas e compartilhamentos!
  Vamos curtir? ;)

13 de fevereiro de 2013

livros perdidos na estante

  Como vocês sabem eu sou uma pessoa que ama livros. Amo ler e amo muito mais comprar! Hahaha. Hoje resolvi fazer um post pra mostrar quais os livros que estão na minha estante e que ainda não foram lidos. But, pretendo lê-los até o final do ano. Quando chegar dezembro, veremos se consegui cumprir a meta ou não! :)
  Tenho muitas coleções/partes de coleções compradas (malditas promoções imperdíveis no submarino <3), mas sempre demoro muuuuito pra engrenar nelas (fora Harry Potter, porque né, nem preciso explicar.) ou empaco em um determinado livro. Sad but true.
  Sem mais papo, vamos as fotos!












  E vocês, meninas? Já leram algum desses e me indicam para começar?
  Querem ver a resenha de algum deles?
  Beijos :*

12 de fevereiro de 2013

tag: conhecendo o blog

  
  Hoje venho responder uma tag que a Manu, do Beyond Cold Nine me indicou. Vamos lá?

  Regras:
1: Os blogs selecionados para responder a tag devem responder as 11 perguntas.
2: Devem indicar 10 blog pra responder a tag.
3: Os blogs escolhidos para responder a tag devem ter no máximo 100 seguidores, pois o intuito é fazer com que eles sejam mais vistos e unirmos os blogs.


1. Como você escolheu o nome do seu blog?
  Bom, em todo esse tempo que pertenço a ~blogosfera~, SEMPRE tive blogs com nome/trecho de músicas. Todo mundo ama música e eu não poderia ser diferente. E como eu AMO Oasis, e Champagne Supernova é uma das minhas músicas prediletas, nada melhor pra me descrever :)


2. Quanto tempo se dedica ao blog?
  Menos do que eu gostaria. Como tenho pouco tempo livre, me viro do jeito que dá. Mesmo mesmo, de sentar e escrever no blog... Acho que umas 3 noites por semana.


3. Já teve problemas com comentários anônimos no blog?
  Não


4. Pretende mudar algo no blog em 2013?
   Acrescentar mais assuntos, talvezquemsabe mudar o layout (nunca está bom pra mim, haha), aprender a fotografar mais e melhor.


5. Já ficou sem inspiração pra postar? Como superou isso?
  Já, so many times :( Mas ultimamente já tenho uma listinha de inspirações e assuntos pra post, então quando minha criatividade pifar, tenho uma ajudinha.

6. O que gosta de fazer quando está no computador?
  Seriados, seriados, seriados.

7. Quantos livros você lê por mês?
  Também menos do que eu gostaria. E depende muito do livro. Demorei um mês pra ler Eragon, enquanto li os três primeiros de Fazendo meu Filme em duas semanas. Depende muito, mas calcularia uns 2 por mês, em média.


8. Quantos blogs você visita por dia?
  Todos que atualizam na minha lista de leitura do blogger.


9. Qual blog você visita todos os dias?
  O A Series of Serendipity, o Depois dos Quinze e o Vinte e Poucos.


10. Quanto tempo você está na blogosfera?
  Meu primeiro blog foi em 2006, depois que exclui passei muuuuito tempo sem criar um novo.

11. Você se inspira em outro blog? Qual?
  Fiz um post sobre isso, onde tanto os blogs quanto o estilo das blogueiras me inspiram. Aqui.


Blogs escolhidos pra tocar a tag adiante:

  Não vou taggear ninguém, até porque não sei quem já fez ou não. Mas se você está lendo isso e se interessar em fazer, mãos à obra, haha :)

8 de fevereiro de 2013

conheça: white lies


  Conheci essa banda enquanto fuçava nos canais de tv, às 6 da manhã de um dia normal de semana, sem nada pra assistir enquanto tomava café. por sorte do destino, aquela época, passava música boa na MTV aquele horário da manhã. Foi quando vi o Clipe de Bigger Than Us e me apaixonei. E agora, apresento a vocês um pouco sobre essa banda!





  White Lies é uma banda de rock alternativo de North Ealing, Londres formada em 2007, cuja gravadora atual é a Fiction Records. A banda é formada por Harry McVeigh (vocalista, guitarra), Charles Cave (baixo e backing vocals) e Jack Lawrence-Brown (bateirista). Lançaram oito singles: “Unfinished Business”, “Death”, “To Lose My Life”, “Farewell to the Fairground”, “Bigger Than Us”, “Strangers”, “Holy Ghost” e “The Power & The Glory”. O seu primeiro álbum, “To Lose My Life”, foi lançado em janeiro de 2009, estreiando em primeiro lugar nas paradas britânicas. “Ritual” é o segundo álbum da banda, lançado em 17 de janeiro de 2011.

  Cave e Lawrence-Brown nasceram em Pitshanger Village, North Ealing e tocam juntos desde a escola. McVeigh, nascido em Shepherd’s Bush, juntou-se a banda dois anos depois. A banda nessa época chamava-se Fear of Flying. Cave considerava a banda apenas como um “projeto de fins-de-semana”, mas depois começaram a abrir os shows de bandas como The MaccabeesJamie T e Laura Marling. Lançaram dois singles em vinil no selo independente Young And Lost Club. “Routemaster/Round Three” em 7 de agosto de 2006 e “Three’s A Crowd/Forget Me Nots” em 6 de dezembro de 2006. Ambos foram produzidos por Stephen Street, colaborador antigo de bandas como Blur e The Smiths


  Duas semanas antes dos membros da banda começarem a universidade, eles decidiram dar um tempo, porque acharam que as novas músicas não encaixavam-se bem com o que faziam antes. Cave disse que não podia mais escrever nenhuma letra pessoal, então passou a inventar histórias semi-cômicas que não eram importantes para ninguém. Eles anunciaram em outubro de 2007 no MySpace da banda que a Fear of Flying havia acabado. E passaram a adotar o nome White Lies, com músicas mais sombrias e um nome novo para refletir a maturidade da banda. Quando perguntado sobre a mudança de nome em uma entrevista dada numa rádio em San Francisco, Jack Brown disse que as novas músicas deveriam ser tocadas por uma nova banda, porque eram muito diferentes das que tocavam antes e que White Lies encaixava-se perfeitamente nessa idéia.


    Fiz uma playlist pra vocês ouvirem as minhas preferidas :)

       the best of white lies by suuh on Grooveshark

  Então gente, vocês já conheciam a banda? Gostaram?
  Beijos! :*

fonte: lastfm e google images

7 de fevereiro de 2013

7 on 7 fevereiro - verão

  Eeeeee, mais uma sessão de fotos pro 7 on 7!! Tenho que contar pra vocês que esse foi o mais difícil de todos, apesar de ser um tema fácil. Porque? Porque a dona aqui deixou todas as fotos pra última hora (vulgo, ontem) e teve um bloqueio criativo!! Alguém merece??
  Tem foto velha, foto nova, letra de música, céu e floresta. Mas todas as fotos foram tiradas nessa época (que eu, particularmente, odeio... SAUDADES FRIO!!) e são importantes pra mim :)









  Então gente, o que acharam das fotos?? Comentem aí!
  Aaah, e não esqueçam de visitar o blog da Dessa e conferir as fotos lindas dela!! :*
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo